sexta-feira, 7 de maio de 2010

Dois discos da Mudcrutch, primeira banda de Tom Petty


A Mudcrutch, como se verifica na biografia abaixo, foi a primeira banda de Tom Petty, que tocava baixo então, com 17 anos. Nunca gravou nada. Somente em 2007, Petty, sabe-se lá por que cargas d'água, resolvou reunir os integrantes originais da banda e gravar um disco, homônimo. Mas peraí... estou sendo redundante; a história está na biografia da banda; olhem lá e vejam o resto.


Mudcrutch (2008) Mudcrutch

Músicas
:
1. Shady Grove (Traditional) 3:58
2. Scare Easy (Petty) 4:35
3. Orphan Of The Storm (Petty) 4:07
4. Six Days On The Road (Green, Montgomery) 3:28
5. Crystal River (Petty) 9:29
6. Oh Maria (Petty) 3:43
7. This Is A Good Street (Tench) 1:54
8. The Wrong Thing To Do (Petty) 4:10
9. Queen Of The Go-Go Girls (Leadon) 3:42
10. June Apple (Traditional) 2:25
11. Lover Of The Bayou (Levy, McGuinn) 4:32

12. Topanga Cowgirl (Petty) 3:54
13. Bootleg Flyer (Campbell, Petty) 3:48
14. House Of Stone (Petty) 3:00





Mudcrutch (2008) Mudcrutch Extended Play Live (EP)

Músicas:
1. The Wrong Thing To Do (Petty) 4:46
2. Bootleg Flyer (Campbell, Petty) 4:01
3. Crystal River (Petty) 15:00
4. High School Confidential (Hargrave, Lewis) 4:01



Músicos nos dois discos
:
Mike Campbell: Guitar, Mandolin
Tom Leadon: Guitar (Acoustic), Guitar, Vocals, Vocal Harmony
Randall Marsh: Drums
Tom Petty: Guitar (Bass), Vocals, Vocals (bckgr)
Benmont Tench: Organ, Piano, Vocals

A curta biografia da Mudcrutch, que segue, vertida livremente do inglês, foi extraída do site allmusic e é de autoria de Steve Leggett.
Formada em Gainesville, FL, em 1970, a Mudcrutch foi essencialmente a precursora do grupo Tom Petty & the Heartbreakers, com o então adolescente Tom Petty, de apenas 17 anos, no baixo, Mike Campbell e Tom Leadon (o irmão de Bernie Leadon, ex-Eagles) nas guitarras, Benmont Tench nos teclados e Randall Marsh na bateria. Popular no circuito dos bares da Florida, a Mudcrutch se mudou para LA em 1974, quando então lhe foi oferecido um contrato de gravação pelo selo de Leon Russell e Denny Cordell, a Shelter Records, mas a banda se dissolveu antes que qualquer gravação significativa fosse concluída, embora Petty tenha permanecido contratado pela Shelter como artista solo. Na época, a banda se reagrupou, desta vez com Petty e Campbell nas guitarras, Tench nos teclados e uma seção rítmica com Ron Blair no baixo e Lynch Stan na bateria. Denominando-se Tom Petty & the Heartbreakers, a banda assumiu o contrato solo de Petty com a Shelter e lançou o LP homônimo "Tom Petty & the Heartbreakers", em 1976. O resto, como dizem, é história. No verão de 2007, Petty, Campbell, Tench, Leadon e Marsh reuniram a Mudcrutch e gravaram um álbum, homônimo, que foi lançado um ano depois, em 2008, pela Reprise Records. A banda fez uma limitada turnê para divulgar o disco. O EP "Mudcrutch Extended Play Live" foi lançado também em 2008, apresentando quatro músicas tocadas nos shows.

6 comentários:

Only Good Song disse...

Seu Duga deve estar com muitas dívidas vencendo. Além de bater ponto em 2 empresas, ainda faz hora dobrada.
Vou fazer o download desses 2.
Outra, embora o google ainda não exibiu, confere lá uma postagem que fiz ao ler seu texto do post do Jesse Collin.
Sim, aquele disco existe.

dugabowski disse...

Pois é, Only Good Song, depois da debandada (uma involuntária, segundo o Ser, diga-se a bem da verdade) da maioria dos colaboradores assíduos do blog, as horas extras e o horário noturno se tornaram rotina para os que ficaram (ainda bem que os colaboradores eventuais, principalmente o Ed, que já nem dá pra dizer mais que é eventual, tão dando uma baita mão).
Voltando à postagem, se tu és fã do Tom Petty, é certo que vais gostar, embora a mudança de instrumento do músico na banda nova, ou será velha? Putz, agora me embananei.
Falando em banana, no post do Jesse Colin Young eu disse que o disco Moonset constava inclusive no allmusic; só não o tinha achado. Beleza que tu o achaste. Vou baixá-lo pra ver qual é. Um abraço.

Only Good Song disse...

Saída involuntária? Lembrou-me o tempo de exército :)

Mas veja, se consta apenas no allmusic ou no armário da casa de alguém, ele então não existe para nós. Certo? Certo ou não, não tive trabalho nenhum de achá-lo.

Ainda tem alguma coisa a + na prateleira pra sair.....

[] pra ti tb e ao resto da turma

dugabowski disse...

Honestamente, Only Good Song, não vejo a minha resposta como saída involuntária. Eu nunca disse que o disco Moonset não existia; ao contrário, eu disse que o allmusic inclusive o catalogava; só não dispunha de mais informações. Mas vou repetir: se tu o tens, beleza; e beleza maior ainda que tu o disponibilizaste, e é isso que importa. Um grande abraço.

Only Good Song disse...

Certo então, não "SAÍDA involuntária", mas "DEBANDADA" (sendo uma "involuntária") para usar seus próprios termos. Sair e debandar são coisas diferentes. Vc esta certo. Mas nem sei pq falei sobre isso, um assunto que não me diz nenhum respeito. Absolutamente nenhum.

Sobre o disco em sí (o que realmente importa para ti) tb não falei que vc dissestes ele não existir. Apenas EU disse que sim, aquele disco existe. As vezes vejo nas discografias álbuns tão difíceis de se encontrar que muitas vezes chego a pensar se tratar de 1 lenda.

Perdoe-me honestamente se meu comentário alertando-o sobre um possível disco de seu agrado iria lhe causar alguma chateação.

dugabowski disse...

Que chateação que nada, Only Good Song. Eu que troquei as bolas e confundi tudo. Achei que quando tu falou em saída involuntária, estivesse se referindo à minha observação sobre o disco Moonset, na postagem do Jesse Colin Young. Então faz o seguinte: apaga tudo o que eu disse, e eu que te peço desculpa por entender tudo errado (é a idade, é a idade; já disse e vou repetir: a única vantagem de ser velho é saber que ainda não morreu...). Um grande abraço. Ah, e a tua postagem é altamente recomendada, porque o disco do Bauer é justamente uma raridade.