terça-feira, 11 de maio de 2010

Catfish (1970) Get Down


Um cult do blues rock dos anos 70 (o LP original foi lançado exatamente em 1970), relançado em CD em 1997. E, ao ouvi-lo, verifica-se que a sua reputação é merecida. Confiram. Só que, desta vez, vou ficar devendo a biografia da banda, porque não a achei em lugar nenhum, ao menos em língua ocidental; encontrei-a em mandarim, mas ainda estou engatinhando no idioma... então não deu (existe a biografia do Bob "Catfish" Hodge, mas não é a mesma coisa; sua carreira solo começou depois).














Catfish (1970) Get Down


Músicas:
1. Catfish (3:44)
2. The Hawk (4:26)

3. No Place To Hide (4:37)
4. 300 Pound Fat Mama (7:54)
5. Love Lights (5:30)
6. Coffee Song (1:30)
7. Tradition (3:22)
8. Sundown Man (3:30)
9. Repreise: Catfish, Get High, Get Naked, Get Down (9:44)
Músicos (*):
Bob "Catfish" Hodge: Vocals, Guitar, Keyboards
Mark Manko: Guitar
Dallas Hodge: Guitar
Harry Phillips: Keyboards
W. Ron Cooke: Bass
Dennis Cramer: Bass
Jim Optner: Drums
Jim Demers: Drums
(*) O line-up foi extraído do site dinosaurdays.








Segue um texto de apresentação da banda, traduzido do inglês a partir de um texto enviado por Alex nos comentários, a título de biografia, não sem antes esclarecer: os dois primeiros parágrafos, eu desconheço a origem (o Alex diz que retirou do blog Chris Goes Rock, mas não achei mais lá; deve ter ocorrido um problema na pesquisa do blog, similar ao que aconteceu aqui no SdN); os posteriores parágrafos traduzem uma "opinião" do administrador do blog "The Secret Vinyl Conspiracy", a respeito do disco (para a comprovação do fato, cliquem aqui); não há, portanto, como eu disse, uma verdadeira biografia da banda; de qualquer forma, está tudo aí, ainda que em forma de "retalhos" agrupados.
Blues rock de Detroit de 1970. Catfish foi a primeira banda de Bob "Catfish" Hodges, que durou de 1969 até 1972. Hodge é uma lenda do genuíno blues americano e aqui ele está em boa forma. Isso é hard blues misturado com um pouco do saudável rock 'n' roll. Um título como "Get High, Get Naked, Get Down" e alguns solos de guitarra meio pirados sugerem que o doidão fumou um pouco disto, um pouco daquilo. A maioria dos seus primeiros álbuns estão esgotados e são difíceis de encontrar, mas este foi relançado há alguns anos atrás.
Um grupo de blues rock liderado por um cantor poderoso, que seguiu carreira solo como "Catfish" Hodge e também trabalhou com bons músicos (Bonnie Raitt, Jimmy Thackery, Dr. John), lançando vários álbuns pelos selos Eastbound, 20th Century e Adelphi.
Vamos ter um pequeno interlúdio de blues (você sabe que eu amo isso, não?), com este disco de 1970, chamado "Get Down", a estréia da Catfish.
A Catfish nunca quis reinventar o blues ou criar algo novo, mas a banda é humilde e tem tudo para tocá-lo.
"300 Pound Fat Mama" é devotada e também "Tradition" (comentário meu: acho que é um trocadilho com a música "Tradition", querendo dizer que é também "tradicional") (vamos enfrentar isso, o som é tradicional, não é?), a música que eu escolhi para ficar no player.
A capa pode não pegar você à primeira vista (nem depois), mas não se pode julgar um disco por sua capa, isso é blues-cabeça (comentário meu: no original: "head-on-Blues"), descompromissado, sem papo furado. E o cara, Bob Hodge (mais tarde, "Catfish" Hodge), ele tem uma voz e sabe como usá-la. Ele certamente comeu brita antes de cantar e tomou um bom gole de uísque.

17 comentários:

Anônimo disse...

Detonaram o Blog do velho roqueiro, mas oia ele de novo. Abraço. Beto de Niteroi

http://oldrocker-oldandnew.blogspot.com

Anônimo disse...

Vejaê a biografia da banda (site CGR):
Detroit bluesrock from 1970. Catfish was Bob "Catfish" Hodges first band that lasted from 1969-72. Hodge is a bonafide american blues legend and here he is in fine form. This is hard blues mixed with a healthy bit of rocknroll. A title like " Get hig, get naked, get down" and a few stoned geetarsolos suggests the dude smoked a bit of this and that. Most of his early albums have been out of print and are hard to get, but this one was re-released a few years back.

Blues rock group fronted by a powerful singer. Their leader went solo as "Catfish" Hodge and, working with good musicians (Bonnie Raitt, Jimmy Thackery, Dr. John), released several albums on Eastbound, 20th Century and Adelphi.

Let's have a short Blues interlude (you know I love it dontcha?) with this '70 LP called Get Down by CATFISH, their debut.

CATFISH never meant to reinvent the Blues or create something new, but the band is humble and has what it takes to play the blues.
"300 Pound Fat Mama" is dedicated and so is "Tradition" (let's face it, it sounds traditional doesn't it?), the song I picked for the player.

The cover may not strike you at first sight (not even at all) but don't judge a record by its cover, this is head-on Blues, no compromise, no bullshit. And the guy, Bob Hodge (later Catfish Hodge) he has a voice and knows how to use it. He surely ate gravel before singing and have a good sip. [Review - vinylconspiracy.blogspot]


Alex

dugabowski disse...

Já atualizei o link dele, Beto. Mas pegaram mesmo no pé no velhorockeiro. Mas o coroa é de bom de briga e não se mixa. É isso aí. Fecha aqui, abre ali... Até "eles" cansarem de torrar a paciência. Um abraço.

dugabowski disse...

Peguei a biografia, anônimo. Vou traduzir e depois posto aqui. Valeu pela força. Um abraço.

Edson d'Aquino disse...

Bom isso aí, hein??!!
Não conhecia e valeu a pena.
[]ões

dugabowski disse...

Edson, então somos dois, porque eu também não conhecia. E também concordo que valeu a pena; o disco é muito coeso em termos qualitativos.
Um abraço.

Cristiano.Moreira disse...

Deletaram tbm o blog: http://musicaquemudouomundo.blogspot.com/
Quem souber de mais notícia, favor divulgar....valei...

E som é o de sempre....muito bom!

Celso Loos disse...

CGR, Duga, é ChrisGoesRock, onde pela primeira vi/li//ouvi essa banda.

Então o anônimo - que não é tão anônimo, pois assinou Alex - mostrou bem antenado.

Grande Abraço.

dugabowski disse...

É, Celso, depois eu me dei conta disso. Mas também procurei lá no CGR e não achei nada da Catfish; deve ter ocorrido o mesmo problema com a pesquisa do SdN. Mas, como eu falei, se o texto estava assim no blog Chris Goes Rock, já era uma colcha de retalhos. Porém, está aí, traduzido, como eu disse que ia fazer. Um abraço.

DAGON disse...

Grande Duga, sempre trazendo ótimos posts na linha Hard do SDN, tenho certeza que isso deve ser Hard Blues de primeira e to colocando na sacola.

[]s.

dugabowski disse...

Aí, Cristiano, acho que esse vale um Label frouxo, frouxo... Vou procurar me informar do blog fechado; sempre é má notícia; o do velhorockeiro deletaram de novo, mas ele já está na área; o Beto lá em cima tá divulgando o novo endereço. Um abraço.

dugabowski disse...

Dagon, eu realmente me surpreendi com a qualidade desse disco, que não conhecia. Muito bala mesmo. Podes baixar que não tem erro. Um grande abraço.

dugabowski disse...

Cristiano, o Fred tá com um novo endereço: http://www.musica-quemudouomundo.blogspot.com/. Foi ele que colocou no comentário da postagem da Mick Fleetwood Blues Band, a do "mordomo" (he, he, he). Um abraço.

Anônimo disse...

Eaê

Tirei a resenha de uma das antigas encarnações do blog CGR. Este blog foi fechado e reaberto várias vezes.
Segundo meus registros, baixei esse disco em outubro de 2008, portanto depois da postagem do vinil conspiracy.
No entanto, pode ser que o CGR tenha postado o disco bem antes de eu tê-lo baixado.

Rock On

Alex

dugabowski disse...

Alex, a biografia valeu, e muito. A única coisa que eu fiz foi fazer uns pequenos reparos quanto às origens das informações. No mais, beleza. Queremos contar sempre com a tua participação, assim como a dos demais frequentadores do blog. Pra nós, isso é muito importante, essa troca de idéias e informações. Um abraço.

Anônimo disse...

Aê, Alex-anônimo de novo.
Vejam aê um link para baixar alguns discos mais do Bob Catfish Hodge (inc: carreira solo):
http://silveradoraremusic.blogspot.com/2008_10_19_archive.html

Para quem gostou do Catfish, é legal conhecer melhor a discografia do Catfish Hodge. No entanto, prefiro os primeiros discos, já postados aqui.

Saudações a todos

Alex

dugabowski disse...

Alex, já fiz referência a esse blog na nova postagem da Catfish, que saiu hoje. Mas valeu a dica. Um abraço.