terça-feira, 20 de abril de 2010

MonkeyJunk: pra quem gosta de blues clássico e classudo...


Uma banda nova, tocando blues com bastante competência. E mais não é preciso dizer; ouvir, sim.













MonkeyJunk (2010) Tiger In Your Tank


Músicas:
1. I Wanna Put A Tiger in Your Tank (Dixon) 3:07
2. Small Time Evil (Diteodoro, Marriner, Sobb) 3:27
3. Give Me Time ( Maghett) 4:08
4. You Were Mine (Rush) 3:45
5. When Push Comes To Shove (Marriner) 6:07
6. Beefy (Diteodoro, Marriner, Sobb) 5:06
7. Pay The Cost (Diteodoro, Marriner, Sobb) 4:27
8. Boogie Man (Blackwell, Russell) 5:57
9. Leave The Rest To You (Diteodoro, Marriner, Sobb) 4:02
10. Blues For Anna (Diteodoro) 3:39
11. Gutsy (Diteodoro) 5:21
Músicos:
Tony D: Guitar, Slide Guitar, Vocals
Steve Marriner: Guitar, Baritone Guitar, Harmônica, Hammond Organ, Vocals
Matt Sobb: Drums, Cymbals, Various Percussion








A biografia da banda, que segue, em tradução livre do inglês, foi retirada do site da MonkeyJunk.
O legendário bluesman Son House falou sobre a paixão pela sua música e teria dito: “Eu estou falando de blues ... Eu não estou falando de lixo de macaco!”. MonkeyJunk é uma banda que se inspira fortemente nas lendas do blues e traduz essa influência numa mistura contemporânea de swamp R&B, soul boogie e bedroom funk (nota minha: as expressões são intraduzíveis para o português, sob pena de ridicularia; são tipicamente americanas; seria o mesmo que traduzir em inglês samba de breque...). Esse trio, composto por STEVE MARRINER, TONY D e MATT SOBB, conta com quase 60 anos de experiência somada (nota minha: o texto se refere, obviamente, à soma da idade dos componentes da banda, pois são todos relativamente jovens e, portanto, não poderiam ter, isoladamente, 60 anos de experiência musical), tocando blues em estúdio e ao vivo.
No outono de 2008, a MonkeyJunk foi indicada para o Maple Blues Award como melhor artista novo – um feito raro por existir há apenas 6 meses e não ter lançado um disco ainda. Em fevereiro de 2009, a banda representou Ottawa, Canadá, no The Blues International Challenge, realizado em Memphis, TN, concorrendo com 100 bandas provenientes da Polónia, Croácia, Noruega, Itália, Israel, Suécia, França, Austrália e América do Norte. Após a fumaceira em Beale St. (nota minha: segundo a Wikipedia, trata-se de uma rua em Memphis, TN), a MonkeyJunk obteve a terceira colocação!
Em abril de 2009, a MonkeyJunk lançou seu primeiro CD, “Tiger In Your Tank”, aclamado pela crítica graças a um forte apoio de rádios internacionais – nomeadamente, rádios por satélite, a CBC Radio (Canada Live e Saturday Night Live Blues), bem como rádios com programas especializados em blues de todo o mundo, incluindo a América do Norte, Europa e América do Sul. A música “Small Time Evil” foi apresentada pelo grupo internacional “House Of Blues Radio Hour”, do colega canadense Dan Aykroyd, como o “blues demolidor da semana”, em 4 de outubro de 2009. No resto do ano, a banda fez uma turnê pelo Canadá, de costa a costa, e participou de festivais de prestígio, como Fredericton, NB’s Harvest Jazz & Blues Festival, Montreal International Jazz Festival, Ottawa Bluesfest, Mont Tremblant Blues Festival, Toronto Beaches Jazz Festival e outros. Para terminar o ano, a MonkeyJunk apresentou-se na Europa pela primeira vez no renomado Blues-Sur-Seine Festival, em Mantes-La-Jolie, França.
2010 começou estrepitosamente no Maple Blues Awards – o programa canadense do National Blues Music Awards. A MonkeyJunk foi nomeada para 6 prêmios e ganhou 5 deles, incluindo Artista do Ano e Trabalho Elétrico do Ano. Tony D venceu como Guitarrista do Ano e Steve Marriner recebeu menção honrosa como Vocalista Masculino do Ano e Gaitista do Ano. No Canadian Music Week, em Toronto, em março de 2010, a MonkeyJunk bateu artistas respeitados, como Jim Byrnes, Kennedy Harrison, Colin Linden e Colin James, e ganhou o prêmio de Melhor Artista de Blues no Canadian Independent Music Awards.
E as coisas continuam rolando para a MonkeyJunk – a banda foi indicada para o 2010 Blues Music Award (USA) como Melhor Artista Novo Estreante com o disco “Tiger In Your Tank” e vai se apresentar também na cerimônia de premiação na Cook Convention Center, em Memphis, TN, no dia 6 de maio de 2010! No resto do ano corrente, a banda vai excursionar pelo Canadá, de costa a costa, e internacionalmente – apresentando-se em suas boates favoritas, pubs, bares, teatros e palcos de festivais. E também, “Tiger In Your Tank” será relançado internacionalmente pelo selo Vizztone Label e distribuído para todo o mundo pela RedEye.

14 comentários:

Edson d'Aquino disse...

Baixando djá!
[]ões

dugabowski disse...

Podes baixar sem medo, Edson. A banda tem qualidade. Um abraço.

Anônimo disse...

Mais uma vez só posso parabenizar a todos os envolvidos, em trazer essas pérolas. Apesar de tuda perseguição o SERES continua na ativa e nos brindando com música da melhor qualidade.

Abs

Marcos

dugabowski disse...

Agradeço em nome da equipe, Marcos. São atitudes como a tua que nos impulsionam a continuar. Um grande abraço.

Aponcho disse...

Baje sin miedo... y me asusto lo bueno que es...
Saludos!

dugabowski disse...

Obrigado, Aponcho, pelo comentário. O que gosto em ti é a sinceridade; se gostas, diz, se não gostas, diz também. Pois é assim que tem que ser. Saludos!

Cristiano.Moreira disse...

Muito legal o som desta banda. Valeu mais uma vez Duga!

dugabowski disse...

Obrigado, Cristiano. Por acaso foi mais um Label? Um abraço.

Cristiano.Moreira disse...

No final de semana vou ouvir novamente e aí sim, vai mais um label...he, he, he....

dugabowski disse...

É isso aí, Cristiano. A vida é curta e tem mais é que ser aproveitada. Um abraço.

Edson d'Aquino disse...

Show de bola, Duga!
Blues da melhor qualidade.
[]ões

dugabowski disse...

Edson, obrigado pelo comentário. Vindo de ti, um músico e um estudioso da música, é uma grande força. Um abraço.

Anônimo disse...

Cadê o link ?

Anônimo disse...

Não está não, falha minha shuauhasuhahsuahusaahushu... valeu