quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Pork Tornado (2002) Pork Tornado


Um projeto, como os americanos chamam, do baterista da Phish, a banda Pork Tornado lançou até agora somente este disco. Uma fusão de ritmos (mas sempre com um pé fincado no blues), com músicos bastante rodados e competentes.


Pork Tornado (2002) Pork Tornado

Músicas:
1. Move With You [Vocals: Aaron Hersey] (Hersey) 4:25
2. Guabi Guabi [Vocals: Dan Archer] (Traditional) 3:09
3. Home Is Where You Are [Vocals: Phil Abair] (Abair) 2:33
4. When I Get Drunk [Vocals: Joe Moore] (Burns) 5:05

5. Blue Skies [Vocals: Aaron Hersey] (Hersey) 2:55
6. Kiss My Black Ass [Vocals: Joe Moore] (Archer, Harvey, Hersey) 4:10
7. Organ (Fishman) 0:34
8. Fellini (Archer) 1:03
9. Trousers [Vocals: Dan Archer] (Archer) 5:28
10. Chained To A Stump [Vocals: Dan Archer, John Fishman] (Archer) 3:06
11. All American [Vocals: John Fishman] (Fishman) 2:15
12. Aaron's Blues [Vocals: Aaron Hersey] (Hersey) 6:15
Músicos:
Aaron Hersey: Bass
Jon Fishman: Drums, Percussion, Organ ("Organ")
Dan Archer: Guitar [Baritone, Nylon String], Acoustic Guitar, Electric Guitar
Phil Abair: Keyboards
Joe Moore: Saxophone [Baritone, Alto], Whistle [Penny]
Buddah: Background Vocals ("Guabi Guabi")
The Dean LaBrie Solo Choir: Background Vocals ("Guabi Guabi")
Jim Pittman: Steel Guitar [Pedal Steel] ("Home Is Where You Are")








Bradley Torreano biografou a banda para o site allmusic, em texto que segue, traduzido livremente do inglês.
Liderada pelo baterista da Phish, Jon Fishman, a eclética Pork Tornado oferece uma livre e divertida mistura de jazz, blues e funk. Com todos os seus integrantes vindos de Burlington, Vermont, a banda é composta por vários músicos notáveis da área, que compartilham uma paixão pela música. O saxofonista Joe Moore foi uma adição inicial ao projeto, devido às suas arrojadas performances e ao seu estilo energético. O guitarrista Dan Archer era proprietário do estúdio onde a Pish gravou "Lawn Boy" e sempre apoiou a banda, desde o tempo em que tocava covers no Holiday In local. O baixista Aaron Hersey e o tecladista Phil Abair preencheram o lineup, chegando juntos em 1997, porque tinham interesse em tocar um com outro. Composto por alguns dos melhores músicos que Vermont tinha para oferecer, o grupo se apresentou sempre que foi possível, muitas vezes tocando covers de Toots & The Maytals, James Brown e Frank Zappa. Em 2002, considerando que a Phish estava parada, a Pork Tornado finalmente gravou e lançou seu álbum de estréia.

3 comentários:

Sasquepola disse...

Fala Duga. Baixei mas ainda não ouvi, pois venho por meio deste te comunicar de outra coisa... Sobre aquela sua postagem da coletânea "This Is The Blues", com os Volumes I e II, e que teve de se deslocar para o "Seres da Noite Naked". Bem, foi atualizada com os outros dois volumes. Agora os quatro estão brilhando em "http://seresdanoitenaked.blogspot.com/". Quem quiser conferir é só ir lá...

Agora é hora de ver qual é que é a desse ciclone suíno...

dugabowski disse...

Valeu, Sasquepola. Fiz uma postagem comunicando o evento, "ad referendum" do Ser (espero não perder o emprego...). Um abraço.

Sasquepola disse...

E não é que os porquinhos são virtuosos!! Admito que não sou o maior fã do mundo de fusion mas a mistura que eles fazem de Funk/Fusion/R&B/Blues/Country "e sei lá mais o que" até que me apeteceu. Uma pena que só lançaram este álbum...

Abraços a todos e valeu Duga pelo post (este) e pelo post (aquele).