sábado, 28 de agosto de 2010

Morcegando: Foghat


Foghat (2010) Last Train Home

Após mais de uma semana impedido de postar aqui no blog, por conta de um defeito em meu PC, volto com um álbum recém lançado:

"Last Train Home" é o primeiro disco novo lançado pelo Foghat nos últimos sete anos. Com músicas da Invasão Britânica do Blues, o Foghat não reinventa as canções, mas eles jogam com uma quantidade considerável de energia e uma precisão que só uma banda veterana de turnês poderia ter, fazendo deste álbum uma surpresa pouco agradável para os fãs hardcore.

Personnel:
Charlie Huhn - Guitar, Vocals
Bryan Bassett - Guitar, Vocals (bckgr), Slide Guitar
Colin Earl - Keyboards
Jeff Howell - Bass, Vocals (bckgr)
Roger Earl - Drums, Vocals (bckgr)
Lefty "Sugar Lips" Lefkowitz - Harmonica
Eddie Kirkland - Guitar, Vocals

Tracks:
01 - Born For The Road 05:00
02 - Needle & Spoon 03:46
03 - So Many Roads, So Many Trains 04:50
04 - Last Train Home 04:23
05 - Shake Your Money Maker 04:39
06 - It Hurts Me Too 05:59
07 - Feel So Bad 04:40
08 - Louisiana Blues 04:44
09 - 495 Boogie 03:56
10 - Rollin' & Tumblin' You Need Love 08:12
11 - In My Dreams 05:43
12 - Good Good Day 04:31


[RS] [91Mb @VBR]

Mirror:


OU
by Dagon

9 comentários:

Dead or Alive disse...

Tô faz dias pra postar o primeiro deles que o PoucoSiso postou no seu blog e de repente vou fazendo um ou outro e vai ficando, mas aí me deparo com isso? Ah não, tem mais é que levar pra toca pra ver qualé.
Essa de pc é de fu...qdo não é pc, é conta, qdo não é conta é defeito, aff, desanima as vz mas uns sons trazem um pouco de paz pra almas cansadas desse mundão doido.
Valeu Ser.
Enjoy!!!!!!!!!

Ser da Noite disse...

Fala, Dead.

Este aqui do Foghat, ainda mais depois de 7 anos, é para postar lá no Som Mutante, com aquele texto que só vc sabe escrever.
Vai na fé, brother, que isto é coisa pra lá de boa.
[ ]s

José Renato disse...

Só tenho uma palavra: Sensacional!
Valeu Ser...

DAGON disse...

Esse album é maravilhoso, recentemente fiz um post dele que dividiu opiniões mas acho o povo muito radical quando acham que pela falta de Rod Price e Lonesome Dave Peverett deveriam mudar de nome pois já não é mais o Foghat, como disse antes acho que os falecidos estão orgulhosos do feito de Roger Earl e seus novos companheiros nesse Last Train Home pois esse album foi idealizado por eles ainda em 1977!! Um puta disco que merece estar ao lado dos outros clássicos da banda.

Abraços meu povo!

Dead or Alive disse...

Fala ai Zénato na paz? Um braço pro Dagon, aproveito viu Ser e já faço um social com os amigos,rs
Depois vê se ficou bom ok?
Enjoy!!!!!!!!!!!!
http://sommutante.blogspot.com/2010/08/foghat-primeiro-e-ultimo.html

Ser da Noite disse...

Já estive lá, Dead e está muito bom. Como sempre.
Aproveitei e votei no blog para o Top Blog.
[ ]s

Ser da Noite disse...

Fala, Dagon

Muito obrigado pelo mirror. Já coloquei no post.

[ ]s

Ser da Noite disse...

Fala, José Renato.

Acho que vai agradar a fãs como vc, embora alguns possam estranhar a pegada blues deste álbum.
[ ]s

José Renato disse...

Ser:
Acho que esta "pegada blues" era o que faltava pra eles, agora está completo o ciclo. O Foghat já foi taxado até de "Progressivo" por causa de alguns álbuns do inicio da carreira, mas sempre teve pegada hard que é o forte deles. Agora esta "guinada para o blues rock" completa o ciclo, como eu disse.
Grande Abraço