segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Blue Öyster Cult ( 2005) The Singles Collection


Como alerta Thom Jurek, resenhista do disco no allmusic (texto abaixo, traduzido livremente do inglês), o disco não é um amontoado de músicas, extraídas dos álbuns da banda. Algumas canções foram lançadas apenas em determinados países ou continentes, outras apresentam versões diversas das anteriormente gravadas e outras ainda são inéditas em CD. É, portanto, um item de colecionador, e como tal deve ser encarado. Como não o vi lá no Collective Collection, compondo a discografia da banda, achei interessante postá-lo aqui, para depois então, se for o caso, migrar para o discográfico blog.
Por se tratar de uma coletânea, fica dispensado o line-up, por motivos óbvios (considerando que a formação da banda não se manteve inalterada ao longo da sua carreira).
Vou repetir: a discografia completa da banda, incluídos os seus dados biográficos, encontra-se postada no Collective Collection.




Blue Öyster Cult ( 2005) The Singles Collection


Músicas:
1. Cities On Flame With Rock And Roll [single version] (Bouchard, Pearlman, Roeser) 3:16

2. Then Came The Last Days Of May (Roeser) 3:30
3. The Red And The Black (Bloom, Pearlman, Roeser) 4:23
4. Hot Rails To Hell [Single Version] (Bouchard) 5:12
5. Flaming Telepaths (Bloom, Bouchard, Pearlman, Roeser) 5:25
6. Born To Be Wild [First Time On CD] (Bonfire) 3:38
7. [Don't Fear] The Reaper [Single Version] (Roeser) 3:48
8. Sinful Love (Bouchard, Robbins) 3:29
9. Goin’ Through The Motions (Bloom, Hunter) 3:11
10. Godzilla (Roeser) 3:41
11. We Gotta Get Out Of This Place ( Mann, Weil) 4:19
12. Mirrors (Abbott, Roeser) 3:47
13. Moon Crazy (Bouchard) 4:07
14. Fallen Angel (Bouchard, Robbins) 3:12
15. Burnin’ For You [Single Version] (Meltzer, Roeser) 3:43
16. Take Me Away (Bloom, Nova) 4:29
17. Shooting Shark [Single Version] (Roeser, Smith) 4:20
19. Dancin’ In The Ruins (Gottlieb, Scanlon) 3:58
20. White Flags (Leggatt Bros.) 3:57
21. Astronomy (Bouchard, Bouchard, Pearlman) 4:12








Isso é proveitoso e desconcertante. Isso é uma verdadeira coleção de singles da Blue Öyster Cult, mas não no sentido usual. Com mais de 20 faixas, reúne singles da BÖC lançados em todo o mundo, o que o afasta de ser apenas mais um “the best of”. Pegue, por exemplo, a última faixa, “Astronomy”; não é o original lançado em “Secret Teatries”, mas a versão refeita constante em “Imaginos”, que surgiu em 1988, e distribuída apenas no Reino Unido e na Holanda. E assim vai. Muitas das peças da compilação foram emitidas como singles no Reino Unido, no Japão (“Moon Crazy”, “Flaming Telephats”) ou na Europa (observação minha: como se o Reino Unido não fizesse parte da Europa... bota xenofobia nisso... parecem as locadoras de filmes brasileiras, que catalogam os filmes europeus como... estrangeiros; mas acho que aí é por incultura mesmo). A coleção também é marcada pela inclusão de faixas como a versão ao vivo de “We Gotta Get Outta This Place”, lançada na Alemanha como um single, ou “Fallen Angel”, lançada na Espanha. Mas há faixas lançadas nos Estados Unidos aqui também, como “Cities On Flame With Rock And Roll”, “Godzilla” e “Hot Rails To Hell”. Dado que a coletânea é organizada cronologicamente, torna-se interessante saber como outros países ouviram os sucessos radiofônicos da banda. Não é essencial, evidentemente, mas, ainda assim, despertando curiosidade e dúvidas da melhor maneira possível, o BÖC Singles Collection deve manter os fãs do grupo discutindo por longo tempo (Thom Jurek, allmusic).

2 comentários:

DAGON disse...

Post maravilhoso Duga, to carregando esse disco agora mesmo e bastante curioso pra ouvir, valeu!

[]s.

dugabowski disse...

Obrigado, Dagon, baita friend. E atenção, pessoal que é ligado na Janis Joplin: o Dagon alerta que hoje, às 23:55, no Telecine Cult, passará o documentário da imorredoura vocalista. Quem não assistiu ainda, é programa obrigatório. Um abraço, Dagon.