sábado, 11 de setembro de 2010

Morcegando: Os Depira [divulgação]


O Marcelo Rizzatti colocou um comentário no post do Celso Blues Boy dizendo que toca com ele nos shows no estados do sul (PR, SC e RS) e que tem uma banda de blues (Os Depira). No comentário, o Marcelo deixou um link para download de um show deles em Joinville, com um som, no mínimo, muito honesto.

Como estamos aqui também para divulgar o trabalho daqueles que estão batalhando para ter seu talento reconhecido, estou postando este show para vocês, Seres da Noite, conhecerem Os Depira.



Os Depira ao Vivo no Liverpool Snooker Pub
Joinville - SC - 31/01/2009

Banda:
Nuno - vocais
Marcelo - guitarra
Parffit - baixo
Rafael - bateria

Músicas:
01 - Uivo Da Meia Noite 10:30
02 - Irmão Sem Lei 04:26
03 - Dores 06:46
04 - Nada Sobrou 04:56
05 - Rumo Ao Sol 04:40
06 - Tempestade 06:36
07 - Guiné Bissau, Moçambique E Angola Racional (Tim Maia) 04:21
08 - Montanhas 03:16
09 - Mato Fechado 05:00
10 - Navegar Noturno 05:49
11 - Moonlight Drive (The Doors) Incl. Lady Madonna (The Beatles) 04:01
12 - Pra Cabeça 06:22
13 - Formiga Gigante 02:56



[RS] [63MB @128kbps]

Mirror:


Mirror:


Os Depira: originalidade sonora e presença de palco numa só banda
(Por Rosana Rosar)

Definições simples e curtas. É isso que se procura fazer para explicar as melodias e composições tocadas por uma banda. Definir Os Depira pode ser simples se for dito apenas que tocam rock caipira, influenciado por bandas das décadas de 60 e 70. Mas pode ser extremamente complicado quando se conhece o som da banda, presencia os shows e escuta as músicas com a devida atenção.

Originalidade e criatividade são palavras que definem bem o que eles fazem no palco e em suas gravações. A banda foi formada no ano 2000, em Pirabeiraba (distrito pertencente a Joinville - SC). O nome Os Depira surgiu daí, as referências à natureza (as estradas, a lua cheia, as montanhas) e a letra da já clássica "Piracity" também. Quatro músicos talentosos são os responsáveis pela sonoridade peculiar e única que faz a banda se destacar na cena joinvilense e ganhar fãs que acompanham grande parte de suas apresentações.

O guitarrista Marcelo Rizzatti cria riffs e solos impecáveis e executa-os a lá Jimi Hendrix. O baixista Parffit é a base, a enciclopédia rockeira da banda e o s&iacutembolo da organização. O vocalista Nuno possui uma voz poderosa e uma alma "Morrisoniana". O baterista Rafael o último a entrar na banda tocou todas as músicas perfeitamente já no seu primeiro ensaio, fechando o ciclo. Os talentos individuais se completam quando estão juntos.

Em 2001, a banda gravou um registro para que os integrantes pudessem ouvir em casa, sem a intenção de distribuir ao público. A gravação feita ao vivo ficou tão boa que eles acabaram cedendo aos pedidos e distribuindo-na em cds demo. Estes cds geraram ótima repercussão, com resenhas na mídia especializada e canções como "O trem (lá vem o meu bem)" e "Tempestade" na mente dos fãs. Em 2002 gravaram a segunda demo, com 8 músicas e destaque para a caipira "Simples melodia" e a inigualável "Uivo da meia noite". O primeiro cd oficial, gravado em 2005 e lançado no ano seguinte, apresenta 11 composições da banda, algumas inéditas e outras versões para músicas já presentes nas demos.

O repertório dos shows é composto pelas "músicas próprias feitas por eles mesmos" (definição repetida por Nuno a cada show) e complementado por versões para músicas dos discos da fase Racional de Tim Maia, lados B de Mutantes, The Doors e muito mais. Quem vai aos shows aberto a ouvir rock and roll de qualidade e ser feliz, vive momentos de êxtase e, não se contenta em ver a banda apenas uma vez, retornando em outras apresentações.

Saiba mais sobre a banda acessando o My Space.

3 comentários:

Marcelo disse...

Obrigado pela divulgação!

Anônimo disse...

Baixei esse som porque gosto muito de rock cantado em brazuka. Quando baixei achei que seria uma banda legal e tals. Só que quando escutei!!! Puta que pariu... Que som maravilhoso. Faltam as palavras pra elogiar porque é muito difícil ouvir um rock tão em português. Aliás... o que tá acontecendo?? Tá pipocando banda de rock e metal bons, cantado em português, em tudo quanto é canto.

Anônimo disse...

Assinado: Cléssio