terça-feira, 15 de junho de 2010

Lake: Lake (1976) e Paradise Island (1979)


Estão‭ ‬aqui‭ ‬dois discos, reunidos num só (o chamado 2 em 1), que eu curti muito na minha juventude ‭(‬só não me perguntem quando foi isso‭; ‬minhas lembranças têm limites...‭)‬.‭ ‬Como diz o jargão:‭ ‬furei as bolachas de tanto ouvi-las no toca-discos‭ (‬para os mais novos:‭ ‬é um player antigo,‭ ‬surgido logo depois do gramofone e da eletrola‭; ‬puxa vida‭! ‬e pensar que parece que foi ontem...‭)‬.‭ ‬Só espero duas coisas:‭ ‬primeira:‭ ‬que o pessoal da velha guarda‭ (‬ou sêniores,‭ ‬se preferirem,‭ ‬para ficar mais elegante‭)‬,‭ ‬que ainda não os escutou,‭ ‬goste dos álbuns tanto quanto eu‭; ‬segunda:‭ ‬que,‭ ‬para a galera mais jovem,‭ ‬os discos não soem datados.



Lake‭ (‬1977‭) ‬Lake

Tracklist:
1.‭ ‬On the Run‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬4:04
2.‭ ‬Sorry to Say‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬3:04
3.‭ ‬Time Bomb‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬3:15
4.‭ ‬Chasing Colours‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬3:45
5.‭ ‬Do I Love You‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬4:03
6.‭ ‬Key to the Rhyme‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬4:32
7.‭ ‬Jesus Came Down‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬3:41
8.‭ ‬Between the Lines‭ ‬(Ahrendt,‭ ‬Conti,‭ ‬Hopkins-Harrison,‭ ‬Peacey,‭ ‬Petersen,‭ ‬Tiefensee‭) ‬10:19



Lake‭ (‬1979‭) ‬Paradise Island

Tracklist:
9.‭ ‬Into‭ ‬The Night‭ ‬5:08‭
10.‭ ‬Glad‭ ‬To Be Here‭ ‬3:47
11.‭ ‬Crystal Eyes‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Oppermann‭) ‬3:56
12.‭ ‬Paradise Way‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬4:51
13.‭ ‬Hopeless Love‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬4:01
14.‭ ‬One Way Song‭ ‬3:45
15.‭ ‬Hard Road‭ ‬(Ahrendt,‭ ‬Conti,‭ ‬Hopkins-Harrison,‭ ‬Peacey‭) ‬3:38
16.‭ ‬The Final Curtain‭ ‬(Hopkins-Harrison,‭ ‬Petersen‭) ‬5:11‭

Personnel
(nos dois discos):
Martin Tiefensee:‭ ‬Bass
James Hopkins-Harrison:‭ ‬Lead and Bakcup Vocals
Alex Conti:‭ ‬Guitars and Vocals
Dieter Ahrendt:‭ ‬Drums and Percussion
Geoffrey Peacey:‭ ‬Organ,‭ ‬Moog,‭ ‬Clavinet,‭ ‬Pianet,‭ ‬Acoustic Rhytm Guitar and Vocals
Músico nas faixas‭ ‬9‭ ‬a‭ ‬16:
Detlef Petersen:‭ ‬Acoustic Piano,‭ ‬Fender Rhodes,‭ ‬Oberheim‭ & ‬Vocals
Músico na faixa‭ ‬9:
Otto Waalkes:‭ ‬Congas




A Wikipedia traça um pequeno‭ ‬raio-x da Lake,‭ ‬estampado nos parágrafos seguintes em tradução livre do inglês.
Lake foi uma banda alemã de rock formada em‭ ‬1970‭ ‬sob o nome de Tornados,‭ ‬mudando seu nome para Lake em‭ ‬1973.‭ ‬Ela trabalhou principalmente com covers nos seus primeiros anos,‭ ‬mas lançou três singles,‭ “‬Come Down/We’re Gonna Rock‭”‬,‭ “‬King Of The Rock’n Roll Party‭” ‬e‭ “‬Sailor‭”‬.‭ ‬Em‭ ‬1975‭ ‬juntou-se ao vocalista James Hopkins-Harrison,‭ ‬que deu à banda sua assinatura sonora até encerrar a carreira.
O grupo alcançou um sucesso modesto em grande parte da Europa a partir de meados da década de‭ ‬70‭ ‬até o início dos anos‭ ‬80,‭ ‬particularmente na Alemanha,‭ ‬onde foi nomeado artista do ano pela German Phono Academy em‭ ‬1977.‭ ‬Nesse mesmo ano,‭ ‬seu auto-intitulado álbum de estréia alcançou o‭ ‬92º lugar nas paradas americanas,‭ ‬e o single‭ “‬Time Bomb‭”‬,‭ ‬o‭ ‬83º lugar,‭ ‬constituindo-se no seu maior sucesso nos Estados Unidos.‭ ‬A banda excursionou pelos EEUU no final dos anos‭ ‬70,‭ ‬abrindo para diversos grupos,‭ ‬incluindo Lynyrd Skynyrd,‭ ‬Black Oak Arkansas e Neil Young.‭ ‬Após o seu contrato com a CBS ter sido rescindido,‭ ‬a gravadora lançou material da banda,‭ ‬anteriormente indisponível,‭ ‬contendo apresentações dela ao vivo,‭ ‬realizadas entre maio de‭ ‬1979‭ ‬e Outubro de‭ ‬1980,‭ ‬incluindo as suas duas formações:‭ ‬a primeira,‭ ‬com Detlef Petersen,‭ ‬e a segunda,‭ ‬com Achim Oppermann,‭ ‬reunidas num álbum duplo‭ “‬Live‭ ‬-‭ ‬On the Run‭”‬.‭ ‬A banda ainda sentiu-se apta a assinar outro contrato com a gravadora Polydor alemã,‭ ‬e,‭ ‬em‭ ‬1984,‭ ‬lançou o álbum‭ “‬No Time for Heroes‭”‬.
Em‭ ‬1985‭ ‬a Lake lançou‭ “‬Voices‭”‬,‭ ‬e,‭ ‬em‭ ‬1986,‭ ‬o seu último disco,‭ “‬So What‭”‬,‭ ‬foi lançado pelo selo Polydor.‭ ‬Nesse ínterim,‭ ‬o antigo baterista Ahrendt saiu e foi substituído por Udo Dahmen.‭ ‬Jo Kappl também saiu,‭ ‬deixando o baixo para Benjamin Hüllenkrämer.‭ “‬So What‭” ‬incluía‭ “‬Inside To Outside‭”‬,‭ ‬escrita por Achim Oppermann,‭ ‬que já tinha sido anteriormente gravada pelo cantor da Kajagoogoo,‭ ‬Limahl.‭ ‬Para todos os efeitos,‭ ‬a Lake acabou em‭ ‬1986/87.‭ ‬Em‭ ‬1991,‭ ‬James Hopkins-Harrison morreu de uma overdose de heroína.
No início do novo milênio,‭ ‬a banda foi reativada por Alex Conti,‭ ‬contando com Mike Starrs,‭ ‬Adrian Askew,‭ ‬Stickdorn Mickie e Michael‭ “‬Bexi‭” ‬Becker.‭ ‬Em março de‭ ‬2005,‭ ‬a primeira gravação do estúdio da Lake,‭ ‬após‭ ‬20‭ ‬anos,‭ ‬foi lançada:‭ “‬The Blast of Silence‭”‬.

9 comentários:

O autor dos rebentos disse...

Opa meu amigo, este primeirão do Lake de 1977 eu curto pacas(ano do meu nascimento) tenho a minha bolachona e curto bastante também!
ESte post ficou muito bom, ainda mais com este desenho do véio China! Valeu!

O autor dos rebentos disse...

E este morcegão ai então, show de bola! rsrs

dugabowski disse...

Então tu és guri novo, autor dos rebentos. Mas com rock na veia, o que é bom sinal. E o velho Chinaski deve estar aprontando das suas lá no Devil's Bar. Obrigado pelo comentário. Um abraço.
P.S. Quanto ao morcegão, vou deixar o Ser responder, que ele é o próprio...

dugabowski disse...

Autor dos rebentos: dei uma passada lá no teu blog e achei bem legal. Estou adicionando nos meus favoritos. Um abraço.

O autor dos rebentos disse...

os comentários não estão entrando?

Cristiano.Moreira disse...

Imagine este cenário: Noite fria, perto da churrasqueira (queimando picanha), tomando aquele Red Label (pois o frio tá pegando), apreciando o céu estrelado e ouvindo este som do Lake: Sou eu aqui em casa. Não sei como não vivi nesta época. É fantástico este som....haja Label para as postagem do SDN.

Ah, a minha mina está junto tá....he, he, he...

Anônimo disse...

Lo estaba buscando. Genial!
Muchas gracias desde España.

dugabowski disse...

Pô, Cristiano, com esse cenário, qualquer um é feliz... o que confirma a minha tese de que não é preciso muito dinheiro para se ter bons momentos. E continuando desse jeito, logo, logo vão te contratar como garoto-propaganda da Red Label... Um grande abraço.

dugabowski disse...

Nós que agradecemos o comentário, anônimo da Espanha. Saludos!